Busca

Mundo Naressi

Uma visão, muitos mundos

Categoria

Contos

Luz Temporal

Em 2024, todos chamaram de louco o cientista irlandês Philips O’Brien, quando ele apresentou uma teoria de viagem no tempo. Com as novas naves do Programa Espacial da China, feitas com a liga metálica de duranialímio, descoberto no solo marciano, O’Brien provou que sua teoria era possível. Com o motor experimental de anti-matéria, criado pela República da Coréia, uma nave chinesa poderia ser lançada em direção ao Sol e descrever uma elipse pelo arco de 250 milhões de quilômetros do astro. Ao completar a elipse a nave seria jogada para o passado ao para o futuro. Continuar lendo “Luz Temporal”

Era da Carne

Dizem que sempre, de tempos em tempos, a humanidade dá um grande salto evolutivo. Depois da Revolução Industrial, da Era dos Computadores e da Revolução dos Robôs houve o que hoje é conhecido como a Era da Carne.

O ano foi 2099, o mundialmente conhecido Doutor Albert Deschaumes anunciou o maior avanço de todos os tempos da ciência. Ele descobriu como converter as informações do nosso cérebro em dados e depois transferi-los para o cérebro mecânico de um autômato. O sonho de todos os humanos, a vida eterna, se tornaria realidade. O próprio doutor foi o primeiro a mostrar que o procedimento era confiável. Ele transferiu sua mente para um autômato feito a sua imagem e semelhança. Depois disso, milhões seguiram o mesmo caminho. Continuar lendo “Era da Carne”

Redenção

-…é o tipo de mal entendido que desejamos esquecer. Por isso, aqui, diante dos representantes de todos os países, no novo prédio das Nações Unidas, eu, Richard Miles Rice, supremo-regente dos Estados do Norte… – Richard dá uma suspirada, observa as centenas de câmeras e microfones atentos às suas próximas palavras – Eu faço um pedido oficial de desculpas à República Popular do Brasil, ao povo brasileiro e agradeço ao soberano supremo do Brasil, o presidente Luís Ignácio Lula Silveira, toda a ajuda que nos têm dado. Afirmo que em nenhum momento a maioria do povo estadunidense concordou com a invasão da Floresta Amazônica. Tudo isso foi fruto da mente doentia de um presidente que encontrou em generais mais doentes ainda a chance de tentar dominar o mundo através da falsa bandeira da democracia. Também agradecemos ao Brasil por nos mostrar que a democracia não leva a lugar algum, somente um governo forte e autoritário pode sanar as necessidades do povo. Como uma forma de retribuição ao governo brasileiro, estaremos entregando amanhã à Polícia da Ordem Nacional, em Brasília, o ex-presidente Gregory Bush, seu vice Jim Cheney e todo o alto escalão do antigo governo estadunidense. Caso necessário, arcaremos com todos os custos da honrada execução que irá limpar a memória de todos os mortos nesse conflito. Continuar lendo “Redenção”

Civilização Perdida

“Era inevitável. O poderoso Kalamitor (Cauramitoo) tinha razão. A “sociedade” (povo) estava chegando ao fim. A tentativa (…) de colonizar uma parte de TyaKiZu (ou Tchakiz) [Tya=azul e KiZu=pequeno ou pouco favorável] havia falhado [weiuf = falhar no sentido da honra ou moral]. (…) uma única alternativa restava. O poderoso Kalamitor projetou o peegrhuko [não foi encontrada tradução, mas “grh” pode ser derivado de “grhdji”=grande distância]. (Nós) mandando um alerta poder-se-á impedir que… (Kalamitor) Instruiu-nos a passar o código da Alzri [?]. Depois só poderemos esperar o fim.” Continuar lendo “Civilização Perdida”

A Carta

Desde criança, tenho um gosto especial pela a ficção científica. Acredito que seja o único gênero que pode tratar de qualquer outro gênero sem deixar de ser ele mesmo. Depois de 2001, resolvi colocar alguns textos na Internet e acabei conhecendo outros escritores amadores como eu.  Em 2004, fui convidado para fazer parte do REFICEF (Recanto dos Escritores de Ficção Científica e Fantasia). Durou pouco (infelizmente por falta de tempo de todos os envolvidos), mas foi excelente para aprender mais com companheiros de “pena”. Continuar lendo “A Carta”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑