Fazia tempo que eu não dormia tão bem. Eu estava tão cansado nestas últimas semanas. Mais cansado a cada dia. Mas me parece que esta noite de sono foi um bálsamo para o meu corpo combalido. É tão bom poder acordar com o gorjear dos passarinhos. Será que ainda é cedo ou já é tarde? Não consigo me lembrar o que tenho para fazer hoje.

Que coisa! Não deixei o celular na cabeceira. Eu sempre deixo. Aliás, esse zunido deve ser do celular vibrando. Será que alguém está me ligando? Vou levantar para procurar onde está o miserável. Não está na cabeceira. Não está na escrivaninha do escritório. Não está em cima da cadeira da mesa da sala que fica ao lado da tomada. Ué!? Esses são os únicos lugares onde eu poderia ter deixado o celular. Que coisa estranha. Que horas são? Tem algo estranho com os ponteiros do relógio da sala. Isso não faz sentido. Espera um pouco… O ponteiro menor é o da hora e o ponteiro maior é o do minuto. Tem algo errado com esse relógio. Deixa para lá! Tem o relógio digital da cafeteira e do micro-ondas. Não pode ser! Os dois estão piscando, sem horas. Deve ter caído a luz durante a madrugada. O estranho é que não parece que choveu. Pelo menos eu não escutei nada. Vou dar uma olhada na janela do quarto.

Não está molhada, mas… porque está embaçada? Não é no vidro. Não consigo ver lá fora. É mesmo, eu não coloquei os óculos. Mas eu consigo enxergar mesmo sem os óculos. Será que essa semana exaustiva prejudicou a minha visão? Bom, os óculos não estão na cabeceira. Devem estar na escrivaninha. Que merda! Além do celular agora os óculos também sumiram. Aliás, ainda dá para escutar o zunido que deve ser o celular vibrando. Quem estará me ligando tão insistentemente? Vou ligar a televisão. Assim acho que vai dar para saber mais ou menos que horas são.

Ué, o que aconteceu? Ontem à noite eu assisti o jornal antes de dormir e a televisão estava funcionando normalmente. Pode ser que a queda de energia tenha danificado a televisão. Maldita companhia de eletricidade. Agora vou ter que desperdiçar o meu tempo para fazer que eles me paguem uma televisão nova. Hunn…. acho que é a campainha. Droga de olho mágico. Também está embaçado. Onde eu coloquei a chave da porta? Porque diabos tudo que eu procuro desapareceu. O que aconteceu durante a madrugada? Puta merda! Agora estão batendo na porta. Daqui a pouco vão arrebentá-la. Já vai!! Não estou conseguindo encontrar a chave.

Quem será tão insistente assim? Que droga! Pelo jeito estou preso no meu próprio apartamento. Ao menos aquele zunido parou. Acho que a pessoa que estava me ligando é a que está batendo na porta insistentemente. Já não sei mais o que fazer. Acho que parou… Finalmente pararam de bater na porta. O que é isso? Que barulho é esse? Parece que vem da área de serviço. É impressão minha ou estão colocando uma escada do lado de fora. Será que estão tentando arrombar o meu apartamento. Só pode ser isso. Ligam no meu celular e eu não atendo; tocam a campainha e batem na porta e eu não atendo; concluíram que não tem ninguém em casa e vão invadir. Tenho que interfonar para a portaria. Maldição! A porcaria do interfone não está funcionando. Puta merda, estão abrindo a janela da área de serviço. Se eu tivesse conseguindo encontrar o celular poderia ligar para a polícia. Tenho que me proteger um em local seguro. Os bandidos podem estar armados. Para onde eu vou? Acho que vou ficar no box do banheiro. Não há motivo para um bandido entrar lá. Ele vai roubar o que? Shampoo, sabonete?

Droga alguém entrou no apartamento. Que som é esse? Estão abrindo a porta! Como foi que encontraram a chave? Eu não consegui encontrar. Passaram direto pelo banheiro. Ufa! Acho que estarei seguro aqui. O que é isso? Gritos! Mas porque quem invadiu meu apartamento está gritando? Acho que uma das pessoas saiu correndo. Sinceramente, não estou conseguindo entender nada. Vou sair do banheiro e ver o que aconteceu. O porteiro está na porta do apartamento. Acho que ele não me viu. Mas que cara de velório. Bom, o grito veio do meu quarto. Vamos ver. Ué, tem alguém na minha cama. Quando eu acordei eu estava sozinho. Um bandido se deitou para dormir na minha cama? Espera um pouco. Sou eu! Eu estou deitado dormindo. Mas como pode ser!? Eu estou aqui, bem acordado. Vou perguntar para o porteiro o que está acontecendo.

Bom dia seu João. Bom dia. Bom dia? Seu João? Oi, seu João, está me ouvindo? O homem ficou cego e surdo. O que? Mas porque diabos ele está dizendo para a zeladora que já chamaram o IML. Isso não pode… Que droga! Acho que é isso mesmo. E agora? O que eu faço? Que sensação desagradável. Vou sentar e esperar para ver se alguma coisa acontece. E os planos para o fim do ano? Não devia ter perdido tanto tempo fazendo aquela planilha. Será que vou ver uma luz, vai ter uma aparição ou é só isso mesmo? O jeito é esperar.

Anúncios