Power RangersOdiado pelos fãs de tokusatsu, ele voltou do além-túmulo para desgraçar as produções japonesas. E tudo com o apoio da Toei Company. O milionário americano-israelense Saban, em parceria com a Toei, comprou de volta da Disney Company os direitos sobre Power Rangers.

Segundo informação veiculadas pela agência de notícias AFP, a Toei e Saban compraram os direitos sobre a marca Power Rangers e os mais de 700 episódios feitos nos últimos 17 anos.

O que acontecerá agora? Em 2009 apareceu uma luz no fim do túnel, quando Samurai Sentai Shinkenger (o melhor sentai da dácada) não foi “disneyzado”. Será que Tensou Sentai Goseiger será “sabanizado” em 2011? Por mais que odeie admitir isso, a realidade é que as adaptações da Saban, por pior que fossem, ainda não eram tão ruins quanto as da Disney.

Samurai Sentai ShinkengerO principal problema dessas adaptações norte-americanas, e que nunca poderá ser resolvido, é que elas não tem o 「日本魂」 “nihon tamashi” – o espírito japonês. Honra, coragem, sinceridade e união. O espírito norte-americano é belicista, individualista e egoísta. Espero que não seja dessa forma que Saban lide com a volta de seu “filho adotivo”.

Anúncios